Jesus respondeu: “Quem beber desta água terá sede outra vez, mas quem beber da água que eu lhe der nunca mais terá sede. Pelo contrário, a água que eu lhe der se tornará nele uma fonte de água a jorrar para a vida eterna”. João 4:13,14

Então, deixando o seu cântaro, a mulher voltou à cidade e disse ao povo: “Venham ver um homem que me disse tudo o que tenho feito. Será que ele não é o Cristo? “ João 4:28,29

 Jesus valorizava as pessoas independente de quem fossem. Ele as amava genuinamente e, embora contrariasse os fariseus com seu posicionamento, Ele dedicava seu tempo e amor com os perdidos e feridos. Jesus tinha clareza sobre seu propósito de buscá-los e salvá-los. Certa vez, como mencionamos em outra ocasião, Jesus se dirigiu à Samaria. Essa cidade ficava entre a Judéia e a Galiléia, seu destino final. Os judeus não se davam bem com os samaritanos e, quando precisavam ir de um ponto ao outro, procuravam evitar cruzar Samaria. Jesus, não.

 Curiosamente Ele não só passou pela cidade, como decidiu para junto a um poço, para descansar da viagem. Naquele momento Jesus revela sua humanidade, como nós, que precisamos de água, alimento e descanso. Inclusive, seus discípulos teriam ido buscar comida para alimentá-lo. Durante o período em que Jesus ficou sozinho sob o sol do meio-dia, encontrou uma mulher samaritana que estava indo buscar água no poço e iniciou um diálogo. Jesus se mostrou humilde pedindo água a ela, o que era muito inusitado, considerando que os judeus não falavam com os samaritanos, principalmente com as mulheres.

Mostrando o valor que dava a si mesmo, Jesus redirecionou a conversa para a sede que aquela mulher sentia. Ela já tinha tido cinco maridos e estava indo àquele horário buscar água para que ninguém a visse, mas a água que ela realmente precisava era Água da Vida. E Jesus sabia disso. Jesus provocava seus ouvintes a se arrependerem diante de seus discursos. Era impossível provar daquela água e continuar levando o mesmo estilo de vida e foi isso que Ele despertou na mulher samaritana. Logo em seguida, ela começou um trabalho missionário, contando a todos sobre seu encontro com Jesus.

 Confesse o mesmo valor que Jesus deu aos perdidos e feridos. Ele gastava tempo com as pessoas, se importava com elas, acreditava no potencial que ali existia e as provocava ao arrependimento. Lembre-se de que você já se encontrou nessa condição, provando do amor irresistível de Jesus e aplique isso ao seu próximo.

Encontro Com a Palavra é um estudo escrito pelo Dr. Dick Woodward e narrado na voz do Pastor Edson Bruno.

Ouça o áudio da lição Feridos e Perdidos da série Os valores de Cristo – Episódio 30

      Os Valores de Cristo Ep. 30 | Sede!

Você pode iniciar o curso deste tema clicando no botão abaixo

Para se inscrever no cursos de forma gratuita, acesse o link www.encontrocomapalavra.net

Estudos do ECAP – Encontro com a palavra