“Não pensem que vim abolir a Lei ou os Profetas; não vim abolir, mas cumprir. Digo-lhes a verdade: Enquanto existirem céus e terra, de forma alguma desaparecerá da Lei a menor letra ou o menor traço, até que tudo se cumpra. Todo aquele que desobedecer a um desses mandamentos, ainda que dos menores, e ensinar os outros a fazerem o mesmo, será chamado menor no Reino dos céus; mas todo aquele que praticar e ensinar estes mandamentos será chamado grande no Reino dos céus. Pois eu lhes digo que se a justiça de vocês não for muito superior à dos fariseus e mestres da lei, de modo nenhum entrarão no Reino dos céus”. Mateus 5:17-20

 O contexto no qual o sermão do monte foi pregado, fazia parte de uma grande estratégia. A primeira parte se tratava do ensino e a segunda, da aplicação. Não tem como desassociar uma da outra, esse não era o desejo de Jesus. Aprender e não aplicar era como ser uma lâmpada escondida, que permite que o ambiente permaneça em trevas.  Jesus não se esquecia de seu propósito nem do porquê fazia o que fazia. Deus tem um profundo amor pela humanidade e é por causa desse amor que fazemos todas as coisas. É em razão dele que anunciamos as boas novas e desejamos ser transformados. Não há nada mais motivador que esse amor. O amor de Deus faz com que nós nos autoanalisemos, com o parâmetro do caráter de Cristo, e desejemos uma transformação. Ao olharmos para dentro de nós, podemos enxergar a graça e a misericórdia que Deus tem sobre as nossas vidas. Desta forma, podemos amar o próximo. Esse amor incondicional pode ser experimentado por todos aqueles que se colocarem na presença de Jesus. Não há ninguém que o tenha encontrado, que não tenha provado desse amor e da transformação que está escondida nele. É algo inexplicável! 

E, para amar o próximo, precisamos fazê-lo através da ótica do amor incondicional de Deus, não apresentando um sentimento conveniente e legalista, mas com disposição para amar e ensinar, até mesmo, os nossos inimigos. É isso que Jesus nos ensina nas bem-aventuranças. Se não apresentamos a doutrina de Jesus com amor, dificilmente ganharemos pessoas para o Seu Reino. A doutrina legalista a qual os fariseus eram adeptos, somente afastavam as pessoas de Deus e as fazia buscar as coisas terrenas. O evangelho deve ser anunciado como ele é: uma boa notícia. Deseje conhecer profundamente esse amor e apresentá-lo às outras pessoas, como solução e resposta aos seus problemas. Você foi chamado para ser luz do mundo e sal da terra, para trazer sabor e iluminação a este mundo de trevas!

Encontro Com a Palavra é um estudo escrito pelo Dr. Dick Woodward e narrado na voz do Pastor Edson Bruno.

Ouça o áudio da Lição 10 do Sermão do Monte.

      Pacificadores perseguidos | Sermão do Monte Ep. 10

Você pode iniciar o curso deste tema clicando no botão abaixo

Para se inscrever no cursos de forma gratuita, acesse o link www.encontrocomapalavra.net

Estudos do ECAP – Encontro com a palavra