Bem-aventurados os pacificadores, pois serão chamados filhos de Deus.

Mateus 5:9

Bem-aventurados os perseguidos por causa da justiça, pois deles é o Reino dos céus.

Mateus 5:10

 Você se lembra do dia em que foi reconciliado com Deus? Cada um de nós, que hoje servimos a Cristo, passou por um momento como esse, onde, devido à justiça excepcional do Senhor nos encontra. O nosso pecado por si só nos distancia do Senhor, porque não há como servir a dois senhores sem agradar a um e desagradar ao outro. Mas Deus, em sua infinita bondade, envia seu único Filho como sacrifício, para que não haja mais nenhuma divisória entre Ele e seu povo. Desta forma, quando reconhecemos o sacrifício de Cristo e o aceitamos como nosso único e suficiente salvador, provamos da nova aliança, a qual nos torna reconciliados com Deus. O pecado que nos separava, é perdoado e podemos prosseguir em desenvolvimento e amor no Reino. Por isso, uma das bem-aventuranças que se trata de uma atitude nossa com o nosso próximo: ser um pacificador.

 Em outras palavras, essa bem-aventurança nos ensina a sermos agentes de reconciliação na vida as pessoas. Da mesma forma que fomos reconciliados com Cristo, precisamos colaborar com a expansão do evangelho, anunciando as novas e conduzindo as pessoas nesse caminho maravilhoso de reconciliação com o Senhor.

 A ideia é que, com o discipulado, os reconciliados também se tornem reconciliadores, até que todo o mundo conheça a Jesus. Isso não é maravilhoso? Os ensinamentos de Jesus no sermão do monte tem esse poder de nos despertar para sermos luz do mundo e sal da terra, resposta e solução para aqueles que necessitam!

 No entanto, na contramão desta poderosa manifestação do amor incondicional de Deus, enfrentaremos oposições. Na época de Jesus, os mestres da lei questionavam e perseguiam suas atitudes, comparando-as com as escrituras e costumes religiosos inventados pelo sistema em que estavam inseridos. Nos nossos dias não é diferente. Bem-aventurados os perseguidos por causa da justiça, uma justiça excepcional. A justiça a qual nós pregamos, conflita com a justiça do mundo e é por isso que enfrentaremos todo tipo de oposição. Mas há uma promessa espiritual que somente os justos terão acesso: deles é o Reino dos céus.

 Eu quero te convidar a pensar mais sobre esse assunto e aplicar as bem-aventuranças na sua vida. Cada uma carrega uma promessa irrevogável e uma experiência de transformação diante de seu cumprimento. Confesse essas bem-aventuranças como parte da sua vida . Que as pessoas te olhem e consigam reconhecer a pobreza em espírito, a humildade, a reconciliação e a justiça excepcional de Deus!

Encontro Com a Palavra é um estudo escrito pelo Dr. Dick Woodward e narrado na voz do Pastor Edson Bruno.

Ouça o áudio da lição 06 dos estudos do Sermão do monte.

      Justiça excepcional | Sermão do Monte Ep. 06

Você pode iniciar o curso deste tema clicando no botão abaixo

Para se inscrever no cursos de forma gratuita, acesse o link www.encontrocomapalavra.net

Estudos do ECAP – Encontro com a palavra